DLBC 2020Estratégia Local de Desenvolvimento

Desafios prioritários, objetivos específicos e resultados esperados
Para cada um dos desafios identificados são de seguida elencados os objetivos específicos, indicadores de resultados correspondentes e metas a alcançar, com a devida fundamentação. As metas estabelecidas estão condicionadas a uma futura afetação de verbas compatível com o montante global indicativo para os valores de FEADER, FEDER e FSE para o DLBC.

EMPREGABILIDADE: Promover a criação e manutenção de emprego sustentável
A criação e manutenção do emprego são determinantes cruciais para contrariar a tendência de diminuição e envelhecimento populacionais no território de Sicó. Embora se registe em Sicó uma taxa de desemprego menor do que a média nacional, a análise de diagnóstico efetuada demonstrou que se tem assistido a um aumento do desemprego, em particular do desemprego de longa duração. As ofertas de emprego asseguradas pelas empresas existentes são insuficientes face à procura e, adicionalmente, a dinâmica de nascimento de novas empresas no território é também inferior à registada na média nacional e regional. A dimensão média das empresas existentes, bem como os níveis reduzidos de gestão profissional no tecido empresarial existente, refletem-se numa reduzida produtividade aparente do trabalho (medida pelo VAB por trabalhador), constituindo obstáculos ao crescimento (nomeadamente através da internacionalização) e, consequentemente, à expansão do número de postos de trabalho. O empreendedorismo, em particular o jovem, é igualmente reduzido e inferior à média nacional e regional.
As condições naturais de Sicó, conjuntamente com a relevância que o setor primário e atividades conexas assumem neste território – incluindo a reconhecida qualidade dos produtos endógenos da região e o potencial do território para o turismo - constituem aspetos a explorar na prossecução deste desafio prioritário. Os bons indicadores de sucesso escolar, a par com a tendência de aumento do nível médio das qualificações da população no território, deverão ser acompanhados por uma criação de oportunidades de emprego que permita reter e captar jovens qualificados. É também importante criar condições para a manutenção do emprego existente, por via de ações que melhorem a capacidade adaptativa dos trabalhadores e dos empresários à mudança. Tendo em consideração as características demográficas da população, o apoio a iniciativas locais de emprego no terceiro setor deverá também ser ponderado na definição de objetivos específicos a prosseguir para suplantar este desafio prioritário.

 

COMPETITIVIDADE: Dinamizar e diversificar a economia local
A caracterização da situação de partida em termos de dinamismo económico local permitiu concluir que o problema mais premente consiste na reduzida capacidade de gerar e reter valor acrescentado no território. Esse problema tem efeitos negativos e imediatos em dois indicadores: a produtividade aparente do trabalho e o VAB por empresa. A análise efetuada ao diferencial de produtividade evidencia ainda que se trata de um efeito local – para o qual contribuirá o tipo de tecido empresarial presente no território (de pequena dimensão, predominantemente de cariz familiar, com carências de capacitação nos gestores e sobretudo orientado para o mercado interno) – e não apenas de um efeito decorrente da estrutura produtiva por setores de atividade. Assim, é importante procurar formas de acrescentar e reter maior valor no território, nos vários setores de atividade, incluindo no setor primário no qual Sicó possui uma concentração relativa superior face à média nacional e regional. No que se refere ao setor primário e atividades conexas (por exemplo, produção agroalimentar), ficou evidente que existe um forte potencial para subir na cadeia de valor. Sendo já um setor importante no território, é fundamental contornar as debilidades que atualmente apresenta, sobretudo ao nível da reduzida dimensão das explorações e das empresas, da baixa presença de jovens no setor e do reduzido envolvimento internacional. Face ao exposto, foram selecionados os seguintes objetivos específicos a prosseguir no âmbito deste desafio prioritário.
 
 
AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE - Preservar e proteger o ambiente e promover a utilização sustentável dos recursos
O território de Sicó apresenta um elevado potencial em termos de recursos endógenos, incluindo recursos naturais (flora, fauna, áreas classificadas, recursos termais, paisagens) e culturais (monumentos, museus, gastronomia) com características únicas, que deverão ser devidamente valorizados e aproveitados economicamente. Estas condições constituem um tipo de oferta cada vez mais valorizada pelas tendências sociais contemporâneas (importância dada à preservação da natureza, à qualidade de vida, às tradições, etc.) que, se integradas numa estratégia concertada de valorização do território, poderão fomentar o turismo, a criação de emprego sustentável, alavancar a visibilidade dos produtos de qualidade locais, gerar oportunidades para o empreendedorismo local e aumentar o envolvimento internacional do território. É por isso fundamental agir no sentido de preservar os recursos existentes, mas também com o intuito de retirar desse potencial maior valor económico.